Categorias
Blog Dicas Slider

FARINHA DE AMORA

A farinha da fruta acaba com a fome, inchaço e faz seu corpo absorver menos gordura e açúcar! E por ser docinha, ainda mata a compulsão por doces,VOCÊ VAI ADORAR!!

 

O chá de amora já é um bom e querido aliado das dietas, mas a farinha da fruta é novidade e tem ainda mais benefícios! “A farinha é muito rica em fibras, em especial a pectina, que possui a capacidade de formar um gel no estômago, que preenche espaço, retarda a fome e melhora o funcionamento do intestino. Ela ainda reduz o nível de açúcar no sangue e o risco de acúmulo de gordura pelo organismo”, explica Pâmela Miguel, nutricionista. Outra grande vantagem: a farinha é docinha, assim como o chá, e mata aquela vontade incontrolável por doces.

Como consumir?

Para aproveitar todos os benefícios da farinha de amora, a nutricionista Pâmela recomenda o consumo de 2 colheres (sopa) por dia. “A farinha pode ser misturada em líquidos, como suco, chá e vitamina, polvilhada sobre fruta, queijo e iogurte, e até sobre a própria comida – se você gostar de agridoce. O ideal é consumi-la 30 minutos antes do almoço e do jantar, para sentir menos fome na hora de montar o prato. Importante: beba muita água para a farinha ter resultados”, diz a especialista.

 

Fonte: Pâmela Miguel, nutricionista da Clínica Nutrição Funcional Dra. Fernanda Granja

 

Todos os benefícios da farinha

Dá saciedade

A pectina, fibra presente na fruta, se transforma em um gel em contato com o estômago, ocupando espaço e dando saciedade. É o fim da gula e do ataque à geladeira!

Melhora o trânsito intestinal

Por ser muuuito rica em fibras, a farinha de amora melhora o funcionamento do intestino, item fundamental para o emagrecimento. Ela também ajuda no combate à retenção de líquido. Oba!

Reduz absorção de açúcar e gorduras

A amora reduz o nível de glicose no sangue e, por isso, ela dificulta o acúmulo de gordura no organismo. Menina, pode se despedir das dobrinhas na barriga!

Combate o envelhecimento

A nutricionista garante: “a farinha de amora, além de auxiliar na dieta, é rica em substâncias antioxidantes, que combatem o excesso de radicais livres e previnem o envelhecimento precoce das células”. Pele linda e jovem!

Rica em vitaminas e minerais

A farinha é uma opção muito saudável para turbinar a sua saúde. Ela contém vitaminas A e B, e minerais, como cálcio, potássio, magnésio, selênio e fósforo. Ela ainda ajuda no combate ao colesterol.

FONTES: MDMULHER DIETA

 

 

 

Categorias
Blog Dicas

ARGILAS

Trabalhar com argilas no segmento estético pode parecer para muitos uma grande novidade, mas não podemos perder de vista que há registros milenares apontando o uso de máscaras de argilas como prática terapêutica, podendo citar a civilização egípcia que gerou grandes contribuições na área da Aromaterapia.

Muito do que sabemos advém de um exercício de resgate dessa fantástica cultura.

Cabe a nós continuarmos estudando, pesquisando, divulgando e nos aprimorando cada vez mais, não nos satisfazendo com o que nos é dado “pronto”. A partir do conhecimento adquirido, exercitar a intuição, integrando as experiências práticas, desenvolvendo estudos de casos e formatando novos protocolos. Assim, estaremos contribuindo para a evolução da Estética.

A capacidade de um profissional do segmento estético em alcançar resultados favoráveis em seus procedimentos está intimamente ligada à sua relação com a Natureza. Seu poder está intimamente relacionado ao conhecimento que ele possui dos recursos por ela oferecidos para curar, hidratar, reconstituir, desintoxicar, revitalizar, equilibra ou qualquer outra ação que se proponha.

As máscaras de Argilas são poderosas auxiliares nos tratamentos estéticos. Elas reforçam e resolvem todo o tipo de problemas em poucos minutos, principalmente pelo poder e concentração de seus elementos, que funcionam como um verdadeiro tratamento de choque, simples, mas extremamente eficiente.

Ampliando o poder das argilas, os óleos essenciais integram uma sinergia perfeita que completa as ações dos minerais encontrados nas argilas. Os óleos essenciais são substâncias encontradas sob forma líquida ou sólida nas folhas, caules, frutos, raízes ou casca de vegetais, possuindo propriedades específicas que beneficiam a pele e complementam o tratamento. Para que o uso das máscaras de argilas seja potencializado, faz-se necessário o domínio de informações básicas sobre os produtos a serem utilizados e os procedimentos básicos que os acompanham.

A Argila é um material natural composto por partículas extremamente pequenas de silicato minimizado (ou silicato de alumínio), além de diversos oligoelementos, destacando entre os minerais encontrados, o silício – segundo elemento mais abundante na natureza. As diferentes fontes de extração produzem silicatos minimizados de diferentes tipos e concentrações, como por exemplo, o Titânio, Magnésio, Cobre, Zinco, Alumínio, Cálcio, Potássio, Níquel, Manganês, Lítio, Sódio, e Ferro. Porém, as diversas constituições das argilas não modificam suas principais atuações: Promovendo a ação absorvente, adsorvente, cicatrizante e anti-séptica. Os minerais encontrados nas argilas funcionam como potencialisadores de determinados efeitos, conforme a sua concentração. Quando estes minerais estão em doses ínfimas, são chamados de oligoelementos, mas seu efeito remineralizante se faz notar mesmo nestas pequenas quantidades.

 

Argila Verde: melhora a circulação sanguínea periférica, atenua manchas, combate cravos e espinhas, controla a oleosidade da pele e é desintoxicante facial, capilar e corporal. Promove a esfoliação da pele, combate edemas, nutre os tecidos e absorve toxinas. Bactericida e cicatrizante. Indicada para pele oleosa.

Argila Branca: é a mais suave de todas. Promove aumento na oxigenação de áreas congestionadas, a uniformização pela esfoliação suave e regula a queratinização. Clareia manchas, reduz rugas e sinais de expressão. Combate cravos e espinhas e é desintoxicante. Reduz inflamações, aumenta a elasticidade e purifica. Indicada para peles sensíveis.

Argila Amarela: tem efeito tensor e ativador da circulação. Combate e retarda o envelhecimento cutâneo, nutre a pele sem ressecá-la e elimina o excesso de oleosidade. Purifica, hidrata, reduz inflamações e aumenta a elasticidade da pele.

Argila Vermelha: age como secativo, regula a micro-circulação cutânea e é recomendada para peles sensíveis. Usada para reduzir medidas. Hidrata e fortalece a pele. Elimina o estresse e retarda o envelhecimento.

Argiual Cinza: reguladora da seborréia capilar, clareia manchas e firma bustos, nádegas, coxas e barriga. É esfoliante, combate cravos e espinhas e retarda o envelhecimento da pele. Elimina inchaço e oleosidade.

Argila Marrom: ativa a circulação, equilibra e revitaliza a pele. Rejuvenesce, tonifica e é eficaz contra cravos e espinhas. Ameniza manchas, controla a oleosidade e nutre o tecido. É adstringente, hidratante e purificante. É rara.

Argila Preta: excelente agente rejuvenescedor. Tem ação antiinflamatória e anti-stress. Desintoxicante e adstringente. Melhora a circulação sanguínea periférica, ameniza manchas, é adstringente e contribui para a renovação celular. Conhecida também como lama negra. É rara.

Argila Rosa: é muito suave. É a mistura da vermelha com a branca. Utilizada principalmente para máscaras de limpeza. Revitaliza, hidrata e elimina toxinas. Indicada para peles sensíveis e desidratadas. É cicatrizante e diminui a flacidez, a celulite e a gordura localizada. Combate o envelhecimento cutâneo.

Argila Bege: é suave. Mistura da marrom com a branca. Revitaliza, ameniza manchas, hidrata e desintoxica. Promove esfoliação e combate cravos e espinhas.

 

 

Categorias
Blog Dicas

CLORETO DE MAGNÉSIO

Artrite, Artrose, Tendinite, Pressão Alta e muitas outras doenças podem ser evitadas.

O magnésio é um dos minerais essenciais para a regeneração celular, e é utilizado em mais de 350 reações enzimáticas no organismo, mais do que qualquer outro mineral. Ao lado de oxigênio e iodo, o magnésio é o terceiro elemento mais importante para sustentar a vida, assim como para reverter as doenças e o envelhecimento.

Estima-se que 80% da população dos países “ocidentais” têm deficiência de magnésio.

O magnésio é um mineral calmante para relaxar os músculos, relaxar as artérias e nervos excitados, enquanto o cálcio contrai os músculos. O magnésio é rapidamente utilizado pelas glândulas supra-renais em momentos de stress. O magnésio mantém o potencial elétrico (voltagem) através da membrana dos nervos e músculos e aumenta a capacidade das células brancas do sangue para combater as infecções em 300%.

O corpo não retém o magnésio como faz com o cálcio. O magnésio é excretado como resultado de alto estresse, ingestão de açúcar, cafeína, álcool, diarréia, e dietas ricas em proteínas e frutas.

Quando se trata da cura e da própria vida, depois da água que bebemos e do ar que respiramos, o magnésio faz jus a sua importância como o mineral do milagre que pode salvar-nos em época de extrema necessidade. Chamado de “mineral da bela” pelos chineses antigos, sua beleza é vista no poder de cura absoluta que ele contém. É nada menos que um mineral milagroso. Ele tem a chave para centenas de reações enzimáticas essenciais e os processos celulares. Cloreto de Magnésio, quando fornecidos em quantidades suficientes, pode melhorar a fisiologia celular de uma forma muito poderosa.

Poucos sabem que o Cloreto de Magnésio é um impressionante lutador contra infecção e ainda menos sabem que uma forma eficiente para fornecer magnésio para todas as células é feita por meio transdérmico (Isso aconteceria naturalmente se passamos horas por dia de banho no mar).

Por que precisamos de Magnésio?

O magnésio é essencial para o funcionamento de centenas de processos enzimáticos diferentes no corpo, particularmente aqueles que produzem, armazenam, transportam e utilizam a energia. O magnésio é importante para os seguintes processos metabólicos:

·  Na síntese da proteína: DNA e RNA em nossas células que necessitam de magnésio para o crescimento e desenvolvimento celular.

·  Para aumentar os sinais elétricos que devem percorrer os nervos do nosso corpo (incluindo os impulsos para o cérebro, coração e função pulmonar).

·  Regular e distribuir a energia em todo o corpo.

·  Para pressão arterial normal, tônus vascular. Para transmissão de sinais das células nervosas, e do fluxo sanguíneo.

·  Para nervos e funções musculares.

Os sinais de deficiência de magnésio:

Como o magnésio é fundamental para praticamente todos os processos metabólicos podem ajudar a restabelecer a saúde em quase qualquer distúrbio de saúde e tem sido utilizado como uma pedra angular na terapia sistêmica de minerais e vitaminas desde a década de 1980. O Cloreto de Magnésio deve fornecer benefícios para as pessoas com qualquer um dos distúrbios listados abaixo, mas também tem amplos benefícios para uma boa saúde geral.

A coisa mais importante e crucial que precisamos fazer é compensar, de maneira mais eficiente possível, nossas deficiências de magnésio.

·  Insônia

·  Obesidade

·  Enxaqueca

·  TPM (SPM)

·  Instabilidade emocional

·  Depressão / Apatia

·  Raiva

·  Nervosismo

·  Ansiedade

·  Epilepsia

·  Pedras nos rins

·  Insuficiência Cardíaca Congestiva

·  Fadiga Crônica

·  Pressão arterial alta (hipertensão)

·  Constipação

·  Diabetes

·  Cãibras musculares

·  Osteoporose

·  Artrite

·  Artrose

·  Pedras nos rins

·  Problemas de memória

·  Ruído Sensibilidade

·  Dormência e formigamento

·  Tiques nervosos

·  Transpiração excessiva

·  Anorexia

·  Asma

·  Envelhecimento acelerado.

Cuidados:

O cuidado é necessário em casos de deficiência renal / distúrbios renais.

Cloreto de Magnésio é paradoxalmente tanto calmante como energizante. O uso prolongado (principalmente se tomado por via oral) tenderá a ajudar a dormir, mas a curto prazo os efeitos de ativação em pessoas sensíveis, especialmente se usado na parte da tarde ou à noite, pode eventualmente causar inquietação ou dificuldade para dormir.